Políticas que Beneficiem Mães Solo Rumo à Equidade Étnico-Racial e de Gênero

Autores

  • Janaína Cássia Grossi FGV/EAESP
  • Camila Rodrigues Silva Santos Centro Universitário Estácio da Amazônia e Instituto Data Zumbi

Resumo

Nesta carta executiva propomos uma reflexão sobre as Mães Solo e o impacto deste arranjo familiar no desenvolvimento profissional dessas mães e na saúde financeira, afetiva e psicológica dessas famílias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Janaína Cássia Grossi, FGV/EAESP

Doutoranda da linha de Finanças na FGV/EAESP. Tem Mestrado em Administração (2018) e Graduação em Economia (2014) pela Universidade Federal de Uberlândia. Suas publicações envolvem artigos apresentados e publicados em congressos e periódicos brasileiros e internacionais. É revisora de periódico indexado e tem interesse de pesquisa nos temas relacionados à Finanças Corporativas, Responsabilidade Social Corporativa e ESG. Atualmente é pesquisadora do Instituto Data Zumbi, onde participa de projetos que estimulam adoção de práticas de responsabilidade social no ambiente corporativo, com atenção especial à agenda étnico-racial.

Camila Rodrigues Silva Santos, Centro Universitário Estácio da Amazônia e Instituto Data Zumbi

Doutora em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco. Docente em Administração no Centro Universitário Estácio da Amazônia. Atua como pesquisadora junto ao Instituto Data Zumbi. Tem interesse de pesquisa e colabora com a realização de projetos que estimulam adoção de práticas de responsabilidade social no ambiente organizacional, com foco no papel de líderes e gestores no desenvolvimento de questões étnico-raciais, Diversidade e Inclusão.

Referências

Brady, D., & Burroway, R. (2012). Targeting, universalism, and singlemother poverty: A multilevel analysis across 18 affluent democracies. Demography, 49(2), 719–746. Recuperado de https://doi.org/10.1007/s13524-012-0094-z

BRASIL. Ministério da Economia. (2020). Ministério da Economia divulga lista dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19 no Brasil. Brasília. Recuperado de https://www.gov.br/economia/pt-br/assuntos/noticias/2020/setembro/ministerio-da-economia-divulga-lista-dos-setores-mais-afetados-pela-pandemia-da-covid-19-no-brasil

Coletivo de Apoio à Maternidade Solo. (2021). Site institucional. Recuperado de https://www.coletivomaternidadesolo.com.br/sobre-n%C3%B3s

Crosier, T., Butterworth, P., & Rodgers, B. (2007). Mental health problems among single and partnered mothers: The role of financial hardship and social support. Social Psychiatry and Psychiatric Epidemiology, 42(1), 6–13. Recuperado de https://doi.org/10.1007/s00127-006-0125-4

IBGE. (2020). Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira 2020. Rio de Janeiro: IBGE, Coordenação de População e Indicadores Sociais. Recuperado de https://www.ibge.gov.br/estatisticas/sociais/populacao/9221-sintese-de-indicadores-sociais.html?=&t=o-que-e

Registro Civil. (2021). Portal da transparência. Recuperado de https://transparencia.registrocivil.org.br/inicio

Roman, C. (2017). Between money and love: work-family conflict among Swedish low-income single mothers. Nordic Journal of Working Life Studies, 7(3), 23–41. Recuperado de https://doi.org/10.18291/njwls.v7i3.97093

SãO PAULO. Prefeitura Municipal de São Paulo. (2019). Cartilha destinada a empresas para reconhecer e ajudar vítimas de violência doméstica no ambiente de trabalho. São Paulo. Recuperado de https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/desenvolvimento/espaco_do_trabalhador/index.php?p=261692

Zakaria, S. M., Lazim, N. H. M., & Hoesni, S. M. (2019). Life Challenges and Mental Health Issues of Single Mothers: A Systematic Examination. International Journal of Recent Technology and Engineering, 8(2), 42—52. Recuperado de https://doi.org/10.35940/ijrte.B1007.0982S1019

Publicado

20/09/2021

Como Citar

Cássia Grossi, J., & Rodrigues Silva Santos, C. (2021). Políticas que Beneficiem Mães Solo Rumo à Equidade Étnico-Racial e de Gênero. Journal of Racial and Ethnic Social Equality, 1(1), 13–15. Recuperado de https://jrese.org/index.php/jrese/article/view/10

Edição

Seção

Cartas executivas